Translate

terça-feira, 19 de março de 2013

MEU CISMAR




Eu queria decifrar
o cantar d'uma menina,
e nas letras das canções,
ler sua alma feminina!...
Mas seu canto é intrigante,
ao falar d'um sentimento, 
e parece inconstante,
tão volúvel como o vento!...


Às vezes, seu canto é triste,
como dor de amor perdido,
mas de cantar não desiste,
tendo o coração ferido!...
Quando ela está feliz,
bem alegre é seu cantar,
pois a esperança lhe diz
que um grande amor vai chegar!...


Ela sequer imagina
que fico só a cismar
na beleza que fascina, 
do amor a desabrochar!...
Por quem será que ela canta?...
Com quem estará a sonhar?...
Saberá que nos encanta?...
Ou canta só por cantar?...


Afinal, desconcertado, 
desisto de decifrá-la,
enquanto sonha acordado
o mundo, querendo amá-la!...
E assim, a flor em botão
nem sente o amor a passar, 
distraída na sedução
de só cantar e cantar!...


Cláudio Luiz 
Em 2 de março de 2013    


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEU COMENTÁRIO É MUITO BEM-VINDO!